Aplicativos para sobreviver na China

Começar uma vida vida nova em um novo país requer adaptação em praticamente todos os aspectos das nossas vidas. Adaptamos à língua e aos costumes locais, à alimentação e ao clima. Aqui na China, onde plataformas como Facebook, WhatsApp e Instagram são bloqueadas, esse processo de adaptação também passa pela adaptação digital.

A verdade é que apesar de os chineses não usarem os mesmo aplicativos que nós, a vida digital nas grandes cidades chinesas é extremamente rica possuindo aplicativos próprios que permitem que praticamente tudo seja feito com um smartphone.

Apesar de já ter morado na China no passado, eu não vivi essa revolução digital e estou tendo aque aprender tudo do zero. Abaixo fiz uma listinha (que ainda deverá crescer é claro) do aplicativos mais importantes para viver na China.

  • WeChat: esqueça o WhatsApp, que é bloqueado. Aqui nós usamos o Wechat, ou Weixin (em mandarim).

O WeChat é bem mais completo que o WhatsApp: além do uso para mensagens, é possível postar fotos, artigos, transferir dinheiro para terceiros, fazer reservas em restaurantes ou aulas (como no caso de academias) e pagar por serviços. Aliás, nas grandes cidades, o pagamento por WeChat ou Alipay é muito mais comum que dinheiro ou cartão de banco.  O WeChat agora tem o “miniprograms”, que são aplicativos de serviços que podem ser baixados dentro do próprio WeChat.

Cada usuário (pessoa física ou jurídica) possui um QR code que pode ser escaneado para ser adicionado à lista de contatos de alguém ou executar um pagamento.

Em restaurantes, é possível até fazer seu pedido sem falar com o garçom. Basta escanear o QR code na mesa, o que faz o download do cardápio e aí é só selecionar e pagar pelo próprio WeChat. Prático não?

É necessário ter conta em um banco chinês.

  • Alipay: É uma carteira digital que permite fazer pagamentos online e que recentemente tornou-se a maior plataforma de pagamento móvel, superando o Paypal. No celular, assim como no caso do WeChat, cada usuário possui um QR code que pode ser escaneado para executar pagamentos. Através do Alipay é possível também comprar passagens de trem e avião, colocar crédito do celular e pagar contas de água, telefone, eletricidade etc.

Assim como no caso do WeChat é preciso ter conta em banco chinês para ter acesso.

  • Taobao- A meca das compras online!!! Reza a lenda que uma vez que a pessoa aprende a usar o Taobao(que é parte da Alibaba,  grupo ao qual o Alipay também pertence) ela nunca mais sai de casa! O Taobao é uma plataforma de compras online também parte do império da Alibaba. O site é todo em mandarim, mas é possível digitar o nome dos produtos em inglês. Além disso, o aplicativo no celular permite tirar fotos ou fazer o upload de produtos para fazer a busca.

O Tmall, é a loja oficial do Taobao onde as marcas vendem seus produtos diretamente ao cliente. Eu sempre procuro comprar no Tmall pois há mais garantia.

Assim como no caso do WeChat e Alipay, é preciso ter conta em banco na China.

  • Didi Chixing- Esse é um aplicativo de transporte como o Uber. É possível pegar um taxi, carros particulares, vans e até carros de luxo. Em cidades como Pequim e Xangai é impossível pegar um taxi sem o Didi. O aplicativo tem uma versão em inglês e para utilizar o serviço de táxi, não é preciso conta em banco chinês (mas para outros tipos de carro, sim)
  • Elema- Elema (mandarim para “com fome?”) é um aplicativo de entrega de restaurantes mas no qual além de pedir comida, é possível pedir remédios em farmácias, frutas, e itens em supermercados. A entrega é rápida mas é preciso ter conta em banco chinês e o aplicativo é em mandarim. O Elema, assim como outros aplicativos tem também um miniprogram no WeChat.
  • BottlesXO- Aplicativo importantíssimo!!!! Entrega vinho de emergência na sua casa em 30 minutos. Torna qualquer choque cultural mais ameno.

Por enquanto estes são meus apps favoritos aqui. E aí onde vocês estão? Com que aplicativo não podem viver sem?

Agradecemos sua participação