Casamento em Liverpool

Por uma dessas coincidências da vida, minha irmã caçula, Luciana, se mudou para a Inglaterra um ano depois de nós. Ela veio para fazer um curso em Londres o que para mim era excelente pois Cambridge, onde morávamos, ficava à apenas 45 minutos de trem de distância e assim podíamos nos ver regularmente. As coincidências da vida levaram minha irmã a também se casar com um estrangeiro, o Justin, inglês e originalmente de Cambridge. Apesar de terem se conhecido e de hoje em dia viverem em Londres, por mais ou menos um ano a Lu (como eu a chamo) e o Justin moraram em Liverpool e foi lá que em 2017 eles se casaram. E foi assim que em outubro daquele ano, e com a Clara com então 11 meses, nós viajamos à Liverpool para celebrarmos a união da Lu e do Justin.  Foi uma viagem divertidíssima, de muitas risadas e alegria com a família, pois além de toda a família do Justin, estavam presentes nossos pais, minha prima (que veio de  Paris) e minha avó que na época tinha 88 anos.

Minha mãe foi à Inglaterra antes do meu pai já que ele ainda trabalha e logo foi à Liverpool para ajudar minha irmã com o casamento. Meu pai chegou à Londres depois e como eu estava sozinha com a Clara (Thomas não podia ficar muitos dias então eu fui com a Clara antes) combinei de encontrar meu pai em Londres para podermos ir os três juntos à Liverpool. Nos encontramos na estação de King’s Cross e caminhamos juntos até a estação de Euston de onde sai o trem par Liverpool. A viagem de mais ou menso 2 horas foi tranquila e ter a ajuda do meu pai foi maravilhoso e Clara comeu, mamou, brincou e cochilou sem drama ou choro.

Ao chegarmos em Liverpool pegamos um táxi e fomos diretamente ao Hilton Liverpool City Centre, que é super bem localizado e onde meus pais, minha avó e minha prima também ficaram hospedados e onde a Lu e o Justin passaram a noite de núpcias.  Assim que chegamos no hotel onde minha mãe já estava, deixamos a mala e eu, Clara e meus pais fomos almoçar ali mesmo no centro de Liverpool que aliás, é muito legal com muitas opções de lojas, bares e restaurantes . Logo depois minha irmã chegou também e tivemos um almoço em família, coisa rara hoje em dia por motivos de distância.

Depois do almoço demos uma volta pelo centro enquanto Clara tirava seu cochilo da tarde e aproveitamos para irmos ao famoso Cavern Club. Para quem não sabe, Liverpool é a cidade de onde saíram os Beatles e o Cavern Club foi primeiro bar que eles tocaram. Liverpool é cheia de referências aos Beatles e mesmo que alguém não seja fã é praticamente impossível não se deparar com alguma referência da banda. No caso da nossa família, todos somos fãs dos Beatles, em especial meu pai e o Justin. Inclusive por causa disso a Lu e o Justin  tiveram sua festa de casamento no museu dos Beatles o The Beatles Story, parada obrigatória ao meu ver para qualquer pessoa que visite Liverpool mesmo que não seja fã da  banda.

Clara, eu e meu pai no Cavern Club

No dia seguinte eu, meus pais, Clara e minha avó fizemos o Magical Mistery Tour, um tour de ônibus pelos principais pontos de interesse da história dos Beatles. Entre outros lugares, passamos em frente à casa do Paul McCartney e a Penny Lane. O tour é de duas horas, sendo que a maior parte do tempo é dentro do ônibus e o restante são rápidas saídas. Como a Clara não andava ainda, foi tranquilo. Hoje em dia, já acho que seria impossível fazer esse passeio com ela. Depois do tour, almoçamos e fomos para hotel nos arrumar para festa de casamento na minha irmã.

Como eu disse, a festa foi à noite, no Beatles Story. Em geral, jamais levaria minha filha a um casamento, em especial à noite. Mas por estar fora de casa, sem ter com quem deixá-la, não teve jeito. A festa foi muito legal! O museu fica todo aberto para os convidados então é quase como fazer uma visita privada. Entre outras peças, há o piano do John Lennon que com certeza é a instalação mais bonita do museu. Como a festa foi até tarde, eu voltei para o hotel com a Clara em torno das 10 ou 11 da noite para que ela pudesse dormir.

Clara no Beatles Story

No dia seguinte, pela manhã, foi a vez da cerimônia civil. Por sorte, a Clara mamou minutos antes e dormiu a cerimônia inteira! Só acordou bem depois na hora das fotos e ainda nos acompanhou na celebração em verdadeiro espírito inglês: no pub é claro! De noite tivemos um jantar relativamente cedo e meus pais ficaram com a Clara para que eu e Thomas pudéssemos sair com minha irmã, Justin e alguns dos outros convidados. Estando em Liverpool é claro que nós voltamos ao Cavern Club!

Casamento civil

Na manhã seguinte, pegamos o carro e voltamos à Cambridge porém só ficamos lá uma noite, pois no dia seguinte partimos para uma outra jornada: uma estadia de 2 meses em Xangai, na China seguida de um mês na Tailândia com direito a uma pequena parada em Singapura. Mas isso tudo fica para os próximos posts.

Agradecemos sua participação